Drinkin’, pukin’, pissin’, and fightin’
Startin’ all over again

Berserkers

Drinkin’, pukin’, pissin’, and fightin’

Startin’ all over again


Berserkers
"Estou cultivando saudades, amor. Saudades confusas que se escondem no breu do meu quarto. Eu tenho aqui aquele poema do Drummond, páginas de um livro, arte de artistas que também sentiram saudades. Mas eles não me causam esse efeito ardente, você sabe o que causa? Eu nunca olhei o teu olhar a fundo, me desculpa. A distância agora já não permite mais nada, amor. Ainda te guardo em uma saudade dentro de casa, não te esqueço, e mesmo se eu quisesse aquele desenho me lembraria você. Aquele olhar realista que eu nunca prestei atenção, mas que agora presto, atenção e saudade. Nesses teus traços abstratos que eu sempre amei. Quase que eu escuto a tua voz, e o teu sotaque paranaense explicando que é preciso ter paciência, que talvez eu conseguisse desenhar assim um dia. Discordo! Arte é questão de talento, e talento é questão de alma. E a minha alma já está escrita. Abstrata sim, mas diferente da tua. Amor, eu cultivo saudades. E não sou capaz de guardar rancor de você. Eu hoje lembrei. Eu hoje olhei dentro dos meus próprios olhos que estão desenhados na parede. Esqueci, deixa entrelinhado."
— Thais. (via oxigenio-dapalavra)

(Fonte: ruasincertas)

"Penso em ficar só, mas minha natureza pede diálogo e afeto."
Lya Luft (via oxigenio-dapalavra)

(Fonte: sdamot)

"Todo casal deveria fazer o pacto “quando eu achar que o amor esta acabando, prometo lembrar de todos os motivos que me fizeram te amar.”"
Desconhecido.   (via suavizou)

(Fonte: promessasvazias)

"Confesso que não lido bem com despedidas. Mas se quer sair da minha vida, por favor, me avise. Me ligue e grite comigo, mande uma SMS me xingando, ou quem sabe um recadinho em minhas redes sociais? Existem emails e cartas também, fique ao seu critério. Mas por favor, avise de um jeito ou de outro. Porque pior que o seu “Adeus”, é você ir embora da minha vida sem dizer absolutamente nada. Machuca, maltrata, destrói. Se vou sofrer? Vou sofrer sim. Todo mundo sofre com despedidas, todo mundo chora, todo mundo se acaba, todo mundo morre um pouco, não é mesmo? Então faça o favor de se despedir de mim logo para eu desaparecer de vez. Me mande embora, diz que não me ama mais, pede para eu sumir… FAÇA ALGUMA COISA IMBECIL! Mas não me lança esse seu olhar triste, vindo de um sussurro de que ainda me ama não, porque você sabe que eu não resisto e voltou dizendo que já estava morrendo de saudade."
Thiara Macedo (sdpm)